Escolha uma Página

Muito simplesmente, o Border Collie é muito dinâmico. Sua personalidade é caracteristicamente alerta, energico, trabalhador e inteligente. Ele aprende rápido – tão rápido que às vezes é difícil ter desafios novos para ele.

Tenaz, perspicaz, alerta, receptivo e inteligente. Jamais nervoso ou agressivo

CBKC – Grupo 1

Border Collie. Foto: Elayne Massaini / Shutterstock.com

Border Collie. Foto: Elayne Massaini / Shutterstock.com

cachorro Border Collie é considerado um dos mais inteligentes e leais. De porte médio e popular pela aparência, ele tem muita energia e está sempre apto para praticar alguma atividade, por isso, tem conquistado cada vez mais tutores que buscam por um companheiro para rotinas mais agitadas.

Por estar sempre tão disposto, o Border Collie tende a procurar novos desafios, o que ajuda muito nos programas de adestramento. Por outro lado, ele pode ficar entediado facilmente quando essas características não são estimuladas. Esse cachorro também se adapta muito bem às rotinas de trabalho e é um ótimo cão de guarda, já que está sempre em alerta com a chegada de estranhos. Portanto, passeios regulares são essenciais para essa raça!

Temperamento do Border Collie

O Border Collie é um pacote de energia física e mental só esperando para se soltar no mundo. É uma das raças mais inteligentes e obedientes. Se puderem fazer exercícios suficientes, ele é um companheiro fiel e leal. Ele se concentra em tudo que faz e costuma encarar, o que costuma irritar outros animais. Ele também gosta de caçar outros animais. Ele é desconfiado e protetor em relação a estranhos.

História

Nos idos de 1915, a raça ainda não era conhecida pelo nome ao qual responde hoje. Chamada de sheepdog até aquele momento, o border collie ganhou a atual denominação devido ao seu local de origem: a fronteira entre a Escócia e a Inglaterra, em Northumberland. Aliás, sua história é mais antiga que seu próprio nome, pois, segundo documentos, a trajetória da raça border collie remete ao tempo em que os romanos invadiram o território inglês, por volta do primeiro século a. C., trazendo consigo cães de pastoreio. Pelo que indica o comportamento da raça, é bem possível que esteja mesmo vinculada a grandes e memoráveis conquistas (como as romanas!).

Border Collie. Foto: S1001 / Shutterstock.com

Border Collie. Foto: S1001 / Shutterstock.com

Assim como com os romanos, é comum associar todos os border collies a cães de pastoreio famosos pela história. O border collie, que foi oficialmente reconhecido pelo American Kennel Club (AKC) em 1995, inegavelmente se tornou uma das peças-chave da boa organização e manutenção de territórios pelo mundo, pois não somente traz em seu DNA o instinto de vigilância, como também lembra a boa índole dos grandes guerreiros por meio de seu comportamento gentil, solícito e amigo.

Confira o padrão da raça oficial aqui.

Boder collie buddy

A raça é destruidora?

A raça border collie não é daquelas que se revolta sem motivo. Se uma situação do tipo vir à tona, boa parte da culpa pode estar no tratamento dado a ele. Isso porque o senso de lealdade do border collie é tamanho que ele chega a sofrer de ansiedade, o que se manifesta em problemas como a ansiedade de separação. Para evitar, dê carinho, exercícios diários e atenção ao seu cachorro. Basta tratá-lo corretamente, atendendo às suas expectativas, que você não vai enfrentar problemas dessa natureza. 

O border collie é agitado?

Sim, mas no bom sentido, claro. O border collie é um cachorro muito ativo, cheio de energia e brincalhão que só ele. É recomendável ter uma energia parecida com a da raça para poder acompanhá-lo nos mais diversos e divertidos momentos do dia. Nada melhor que passear com ele, e até mesmo correr junto, o que só trará benefícios para o dono e o cão!

Resultado de imagem para border collie

A saúde do Border Collie

No geral, o Border Collie é um animal muito saudável e sua vida ativa ajuda a proporcionar uma qualidade de vida mais equilibrada, isso se ele realizar atividades físicas todos os dias, o que é imprescindível para um Border Collie. No entanto a raça pode apresentar algumas anormalidades. Dentre as principais, podemos observar a Displasia coxofemoral (espécie de encaixe errado dos ossos do quadril), displasia de cotovelo, osteocondrose e alguns distúrbios ligados aos olhos, como o CEA – Collie Eye Anomaly, doença genética que pode atrapalhar consideravelmente a visão do pet. Nas displasias, o cão pode sentir bastante desconforto e dor, fazendo com que o animal manque ao andar. Essa condição pode surgir em qualquer fase da vida, mas principalmente com a idade mais avançada. É preciso conversar com um médico veterinário sobre essa questão, uma vez que muitos borders continuam realizando suas atividades normalmente mesmo que estejam com alguma condição bastante dolorosa. Seus olhos podem apresentar um descolamento da retina que podem levar à cegueira. Por isso, estar sempre atento ao seu cão previne que doenças como essas atinjam um estágio avançado. Um andar que parece diferente, secreção em excesso nos olhos, vermelhidão, coceiras entre outras atitudes que pareçam fora do comum são sinais de que você deve levar seu peludo ao médico veterinário para fazer uma avaliação. Conhecer o canil e as informações hereditárias da família do seu filhote de border collie pode ser meio caminho para que problemas sejam evitados. A raça costuma ser mais sensível a medicamentos e produtos que possuem ivermectina. Jamais medique seu pet por conta própria, pois isso pode colocar sua vida em risco.

Como cuidar de um Border Collie

Poucos cães são tão voltados para o trabalho como o Border Collie. Esse é um cachorro que precisa de uma ocupação. Ele precisa de muita atividade física e mental todos os dias pra satisfazer suas necessidades de trabalho. Ele adora ficar com a família. Seu pelo precisa ser escovado ou penteado de uma a duas vezes por semana.

O Border Collie costuma soltar bastante pelo e no Brasil isso pode ser algo frequente. A escovação diária permite que o cão esteja sempre com os pelos bem brilhantes e sedosos. Já deu para perceber que atividade física é o segundo nome desses cães, né? Pois, mais do que caminhadinhas ao longo do dia, o Border Collie precisa realizar tarefas para se sentir estimulado! Faz parte da personalidade da raça gostar de realizar atividades variadas, por isso não podemos privá-los disso que, para eles, é pura diversão. Brincadeiras que estimulem esse lado como buscar a bolinha e trazer para o tutor, competições como o Agility e mesmo tarefas que ajudem em casa como pegar o jornal e trazer para casa, por exemplo. Tudo isso, além de gastar a energia do cão, estimula sua inteligência e faz com que eles fiquem muito satisfeitos! E lembre-se que eles precisam que essas atividades sejam feitas em amplos espaços abertos. Brincar de bolinha na sala de casa dificilmente vai resolver. A alimentação, assim como para qualquer raça, deve ser equilibrada, mas para cães ativos assim a atenção deve ser redobrada para ter certeza de que eles estejam recebendo a quantidade correta de nutrientes para reabastecer as energias.
 Resultado de imagem para border collie

Curiosidades sobre o Border Collie

– Border Collie são conhecidos como cães de pastoreio, mas uma BC atualmente detém o Recorde Mundial do Guinness para Fastest Car Window Opened by a Dog. Striker, um Border Collie da Hungria, abriu a janela sem ser elétrica em 11,34 segundo. Impressionante;

– Border Collies já participaram de filmes como “Babe, um porquinho atrapalhado” e ” Um hotel para cachorros”,

– O Border Collie é altamente sensível, muitas vezes responde ao comando mais sutil e aparentemente capaz de prever os desejos do seu tutor;

– É um viciado em trabalho e gosta de estímulos físicos e mentais, o Border Collie deve ter uma forma positiva de direcionar sua energia. Caso contrário, ele vai inventar suas próprias brincadeiras – e isso pode se tornar um problema de convivencia;

– O Border Collie vai tentar agrupar tudo que se move, incluindo crianças, carros, pessoas em bicicletas, gatos e esquilos. Ele pode se tornar um verdadeiro problema se ele começar a andar livremente pelas ruas do seu bairro;

– Na lista que categoriza a inteligencia canina feita pot Stanley Coren, o Border Collie está em primeiro lugar.

Confira esse video:

Fontes e Indicações de leitura:

https://www.petlove.com.br/border-collie/r

https://www.petz.com.br/cachorro/racas/border-collie/

https://love.doghero.com.br/racas/border-collie/

https://www.hillspet.com.br/dog-care/dog-breeds/border-collie

https://tudosobrecachorros.com.br/border-collie/

https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/border-collie/