Chegam as visitas, arrumadas, perfumadas, lindas… e seu amigão faz aquela festa, pulando em todos! É fofo e todo mundo se diverte se ele for um poodle, mas a coisa complica se ele for um cachorrão tipo um Labrador, Golden, Pastor ou um Bernese. Então, o que a maior parte das pessoas acaba fazendo é a coisa mais triste possível: prender o amigo longe das visitas – Salvo quando o cão é de função, e precise ficar sempre pronto para a ação. E ele acaba ficando de fora da diversão.

Mas… existe uma saída! Ele pode sim participar da alegria da família com as visitas, e isso  com os quatro pés no chão, e muito contente. E quase não leva tempo extra do dia para ensiná-lo, você pode praticar os exercícios quando você mesmo está chegando do trabalho. E a lógica serve para outros comportamentos de pedir atenção, como latido exagerado e morder calcanhar.

View this post on Instagram

Como ensinar o cachorro a não pular nas pessoas? Treinamento diário é da responsabilidade do tutor fazer seu cacahorro entender quais atitudes não são aceitas. Entenda que pode parecer fofinho ter seu cachorrinho pulando em você, demonstrando muita alegria, é uma alegria como tutor. Porém seu cachorro vai crescer, ficar maior, mais forte, e isso pode se tornar um grande problema, tanto para você, quanto para visitas por exemplo. Para isso siga essas instruções simples: 1 – Ignore o cachorro quando você primeiro entrar em contato com ele até que se acalme. Pouco a pouco, ele entenderá que a maneira certa de se comportar quando entrar em contato com você é esperando calmamente. 2 – Quando o cachorro pular em você, vire de costas ou mude de direção. Não interaja com ele! Se for necessário tirar o seu cachorro de cima de você, calmamente, remova-o, porém, em nenhum momento, fale com o seu cão. 3 – Sempre recompense os comportamentos desejados. Quando o seu cachorro estiver calmo, dê-lhe atenção e/ou petiscos. Logo, ele associará esperar calmamente, sem pular, com receber muito carinho e atenção. Lembre-se: Esses passos, devem se tornar HÁBITO na sua vida. Caso contrário seu cachorro não vai levar a sério. Siga @matilhafieloficial Já viu nosso site? www.matilhafiel.com.br Nosso face? facebook/matilhafiel #matilhafiel #passeadoresdecaes em #boituva #passeadordecaes #educacaocanina #comportamentocanino #adestramento #adestramentocomportamental #trainyourdog #quemamacuida #amoranimal #vidaquatropatas #quatropatas

A post shared by Matilha Fiel (@matilhafieloficial) on

Por que eles pulam?

O mais comum é porque quando eram filhotes e queriam atenção, eles pulavam e nós dávamos atenção. Ou seja, o pequeninho era recompensado por pular – e aprendeu que pular nas pessoas é sinônimo de festa e carinho. Ele não percebe que não tem mais o tamanho de um bebê e que está te machucando (ou as visitas), para ele tudo continua uma brincadeira de filhote!

Por isso, não adianta gritar, dar bronca e fazer escândalo, tudo é atenção do mesmo jeito e o cachorro acha que faz parte da brincadeira. Confira algumas dicas:

Bloqueie com o corpo

Assim que o animal pular em você, vire o corpo de lado e, ou estique a perna até pisar no espaço que o cão está ocupando, ou faça um bloqueio com seus quadris e joelho, para que as patas do cão não encostem em você. Se ele conseguir te tocar com as patas, o cão já conseguiu o que queria (ele ganha e você perde).

Assim que ele cair nas quatro patas novamente, você deve dizer “senta!” e imediatamente agache e comece a lhe dar atenção e carinho. Em breve, ele vai aprender que se permanecer com as quatro patas no chão é que ele vai conseguir o que quer.

Ignore

Ora, o que ele quer é atenção, certo? Então… ignore-o! Completamente! Quando chegar em casa, cruzes os braços, olhe para o teto e finja que ele não está lá (firme bem os pés no chão para ele não te derrubar). Depois de pular, pular, pular, e talvez latir um pouco, ele vai desistir e parar. Agora você pode agradá-lo! Dê beijos, cumprimente, conte como foi seu dia, e o quanto você sentiu falta dele.

 Ensine o jeito certo

Para evitar que seu cão pule, é melhor ensinar o que ele deve fazer para cumprimentar as pessoas. Alguns donos os ensinam a sentar sempre que eles ouvirem uma campainha. Outros ensinam o cão a pegar um brinquedo ao invés de pular nas pessoas. Tenha certeza de dar reforço positivo sempre que seu cão fizer a coisa certa. Quando alguém chegar na casa e ele não pular, dê um biscoitinho ou um petisco que ele goste. Ou mesmo elogie-o e faça carinho. Ele precisa saber que fez a coisa certa, e não apenas ser punido quando faz a coisa errada.

A melhor forma de corrigir esse comportamento, é criar uma rotina de atividades. Passeios e brincadeiras antes de receber a visita ajuda, pois o cão gasta a energia acumulada. E é nessas atividades que os comandos utilizados para acalmar o cão e adestrá-lo a não pular nas pessoas são introduzidos.

Colocamos um comando básico, como o “senta”, ou um avançado como “cama” (ou local previamente marcado) e assim ele será premiado quando estiver lá.

Se ele quer atenção agora, tem que ficar com as quatro patas no chão. Se pular, não ganha nada. Depois, você ainda pode ensiná-lo a sentar, cumprimentar com a patinha e fazer truques para as visitas. Os cachorros adoram aprender coisas novas e agradar as pessoas!

Desvie sua atenção!

Muito válido, é desviar a atenção de seu cachorro para um objeto, como uma bola por exemplo. Assim que a visita chegar, antes dela entrar, pegue a bolinha e segure, fazendo dinâmica com seu cão. Ele irá ficar tão vidrado na bolinha, na atenção que está tendo da sua parte, que as visitas vão poder entrar tranquilamente.

Marque o erro de seu cão!

Para marcar o erro do comportamento, basta ignorar o cão, e se for necessário, sair do local. Dar bronca ou colocar o bichinho de castigo não é a melhor solução, em alguns casos pode resolver momentaneamente, mas provavelmente fará com que o cão entenda que aquela situação é seguida de algo ruim, podendo criar evitação além do esperado para a ocasião e até agressividade com quem chegar na casa.

Importante:

É possível, mas muito difícil para o cachorro entender que ele pode pular em você mas não nas visitas. Ou que ele pode pular no seu cunhado de 2m, mas não na sua mãe. Para o treino dar certo, você (e sua família, e as visitas) precisa ser consistente, ou vai acabar deixando seu amigo muito confuso! Todos precisam praticar o exercício quando chegam, até o cachorro parar completamente com o comportamento indesejado.

treinamento-gratuito

Fontes e Indicações:

https://canaldopet.ig.com.br/colunas/adestramento-comportamental/2018-07-30/pular-visitas.html

https://canaldopet.ig.com.br/colunas/adestramento-comportamental/2018-07-30/pular-visitas.html

https://canaldopet.ig.com.br/colunas/adestramento-comportamental/2018-07-30/pular-visitas.html

https://tudosobrecachorros.com.br/cachorro-pulando-nas-pessoas-como-impedir/#ixzz5yV0hJ9h9