Pixar e sua nova animação – prepare-se para chorar

Pixar e sua nova animação – prepare-se para chorar

Nova Animação da Pixar – prepare-se para chorar com esse curta sobre um gato de rua ajudando um pitbull abusado.

“juntos, eles experimentam amizade pela primeira vez”.

– Rosana Sullivan

O estúdio de animação Pixar conseguiu emocionar o mundo em questão de minutos, mais uma vez, com o lançamento da nova animação, Kitbull, pois soma mais de 2 milhões de visualizações no YouTube.
Confira o vídeo:

Qual é a História, Pixar?

O filme é uma produção do novo programa SparkShorts, que é da Pixar, e conta uma história chocante de uma “improvável conexão que brilha entre duas criaturas” numa realidade cruel. Uma gatinha com espírito independente está perdida e se depara com um Pit Bull de briga machucado.

Uma amizade improvável, mas encantadora (Imagem: Reprodução/Pixar)

Uma amizade improvável, mas encantadora (Imagem: Reprodução/Pixar)

Aquele Pitt Bull é um cachorro treinado para matar, mas tinha acabado de ser abusado, estava todo machucado devido os maus-tratos, porém, como disse a diretora Rosana Sullivan, “juntos, eles experimentam amizade pela primeira vez”.

Quem é Rosana Sullivan?

Rosana Sullivan é diretora, estréia na direção da animação, e começou sua trajetória sendo assistente nas animações “Os Incríveis 2” e “Universidade Monstros”.
“Adoro assistir a vídeos de gatos em momentos de estresse. E eu pensei que gostaria de desenhar um gatinho fazendo algo bobo, mas que fosse divertido e me fizesse sentir bem”, revela a diretora.

Raça Pitt Bull é agressiva e perigosa?

O pitbull é uma das raças de cães mais temidas do mundo, entretanto, não à toa, pois é uma raça que faz um bando de marmanjos borrar nas calças.

Porém, apesar de serem extremamente fortes e rápidos, os pitbulls não são violentos por natureza, mas reagem a estímulos ferozes de seus donos. Portanto, tenha muita responsabilidade ao criar e adestrar um Pitt Bull.

É justamente esse o tema do novo curta de animação da Pixar, que coloca um pitbull treinado para matar fazendo amizade com um pequeno gatinho preto, enfim, quebrando paradigmas.

 

Conclusão

O filme é simples e doce, mas também faz uma declaração poderosa sobre o tratamento de animais, e pode até mesmo abrir conversas mais significativas sobre a reputação dos Pit Bulls sendo uma raça agressiva e perigosa.

No final deste vídeo de nove minutos, você certamente se verá enxugando as lágrimas, reafirmará seu amor por todos os animais e fará com que você abrace seus próprios animais de estimação um pouco mais apertado hoje.

Cena de Kitbull, curta-metragem da Pixar (Foto: reprodução / Pixar)

Cena de Kitbull, curta-metragem da Pixar (Foto: reprodução / Pixar)

Gostou do vídeo? Qual a sua opnião sobre  os Pitt Bulls? deixe seu comentário!

Fonte:

https://www.megacurioso.com.br

https://www.cineclick.com.br