Como e quando começar a passear com seu cachorro

Confira como começar a prática de passear com seu cachorro!

Transformar os passeios diários com seu cachorro em treinos poderosos é uma maneira divertida e eficiente de entrar em forma, pois, juntos  vocês emagrecem, melhoram a capacidade cardiovascular, ganham disposição, forçaresistência e, além disso, mandam o stress embora!

Passear com seu cachorro só trás benefícios: Cachorros que se exercitam perdem o medo, ganham segurança e se comportam melhor do que aqueles que vivem trancados. Além disso, como acontece com a gente, a atividade física faz com que eles durmam melhor.

Mas para que a malhação dê certo é essencial que você aprenda a adequar o seu ritmo ao do animal, principalmente se os passeios diários até agora se limitavam a uma voltinha no quarteirão. O cão tem que ser treinado lentamente. Vale mais a frequência do que a intensidade. Ou seja, não adianta levá-lo para passear só nos fins de semana. Se ele não está acostumado, não vai aguentar. Portanto, a ordem é começar com caminhadas leves nas primeiras semanas para só depois apertar o passo.

 

A partir de qual idade posso passear com seu cachorro?

Para a segurança de seu cachorro, o ideal é após ele ter completado as três primeiras doses da vacinação. Confira abaixo a tabela de vacinação:

É justamente por serem filhotes que esses bichinhos são mais suscetíveis às doenças. Então, não devem sair de casa se não forem vacinados, mesmo quando carregados no colo. Isso porque outros animais não imunizados passeiam livremente pelas ruas, podendo transmitir doenças para o seu filhote, além de pulgas e carrapatos.

Geralmente, um filhote só estará imunizado e pronto para ir às ruas por volta dos quatro meses de idade — isso se estiver recebendo as vacinas de maneira adequada, e com o acompanhamento correto.

Quanto tempo pode durar o passeio no começo?

View this post on Instagram

Se você levar o seu cão várias vezes ao dia para sair, além de promover a saúde física do cão e melhorar o emocional, irá reforçar a atividade mental. Se você passear com o seu cachorro, você poderá notar que a ligação entre ele e você vai estar reforçada. As atividades pelas quais os animais são mais agradecidos são: alimentação e passeios; assim, aproveite essas saídas parbrincar com ele e para fortalecer os laços entre vocês. Como sabem, o olfato é o sentido mais agudo de cães, eles precisam exercitá-lo porque se não há um risco deles atrofiarem. Se o seu cão sai para uma caminhada, pode aproveitar para farejar, conhecendo melhor o seu entorno. Tem-se demonstrado que os cães que saem para uma caminhada com os donos, tornam-se mais sociáveis com os seres humanos e com outros cães. É muito bom ver o seu pet no parque com outros da mesma espécie. Assim, o seu fiel amigo não será agressivo ou sofrerá depressão. Quando o animal volta de seu passeio é provável que esteja um pouco cansado e disposto a dormir por um tempo, desta forma você vai evitar que ele sofra de hiperatividade, ansiedade ou estresse e você terá mais tempo para fazer outras coisas, já que ele vai permanecer tranquilo. #matilhafiel #boituva #caozinhofofo #cachorro #pet #banhoetosa #animais #dogs #donosdepet #donosdepetsentenderão #cão #cachorros #amoosanimais #groomer #Boituva #filhotes #viralatas #viralatalovers #viralata #doggroomer #animaissaoanjos #amoanimais #boituvaparaquedismo #respeito #pet #dicas

A post shared by Matilha Fiel (@matilhafieloficial) on

 

No geral, animais de grande porte costumam precisar de mais exercício, pois têm mais energia para gastar, enquanto cachorros menores ou idosos demandam exercícios mais curtos e menos cansativos.

Mas pense em você: Na academia, por exemplo, você não começar correndo por uma hora na esteira certo? Você começa com trotes de 15 minutos, que vão gradativamente evoluindo até a uma hora de corrida. Portanto, o tempo ideal para a duração do passeio deve ser estabelecido gradativamente, porque o cão precisa se acostumar à rotina do exercício. Um cachorro que está começando a passear, por exemplo, deve sair de casa em dias alternados, por cerca de vinte minutos.

Ao longo das semanas, você aumenta a duração dos passeios e a frequência das caminhadas, até atingir o patamar ideal: passeios diários, com duração de trinta minutos a uma hora de exercício, podendo variar entre caminhar, correr ou até, se possível, nadar.

Mas lembre-se de que, caso você não tenha total controle sobre seu cão, o ideal é estar acompanhado de alguém habilitado para isso, como os profissionais dogwalkers, como nós da Matilha Fiel 😉

Passear com seu cachorro: Quais raças precisam de mais passeios?

A raça do animal é outro quesito importante para definir a frequência e o tempo ideal dos passeios. Cães mais hiperativos, como Labrador Retriever, Golden Retriever e Cocker Spaniel, por exemplo, necessitam caminhar regularmente — se possível, todo dia.

Isso faz com que eles gastem a energia extra de forma positiva e evita que, ao ficarem sozinhos em casa — um espaço pequeno, e sem atividades — eles façam muita bagunça, como comer os objetos ou roer os móveis.

Raças que têm propensão à obesidade, como o Beagle, Dachshund e Pug, também precisam sair de casa mais vezes, com passeios de longa duração. Mas não se engane: mesmo as raças mais tranquilas ou cães que já vivem em espaços grandes precisam fazer passeios rotineiros.

Além disso, se o cão já é bastante ativo por natureza, como os cães de caça — Terrier e pastoreiros — é necessário praticar atividades todos os dias. Quando houver chuva, aposte nas brincadeiras com bolinhas e demais brinquedos para exercitá-los.

De toda forma, lembre-se: independentemente da raça do bichinho, passear é fundamental, pois contribui para a sua socialização, evitando que ele se torne agressivo, medroso ou antissocial.

Periodicidade certa para passear com seu cachorro

O ideal é treinar pelo menos três vezes por semana, em dias alternados. Quando o cão estiver bem condicionado, aumente a frequência para cinco vezes por semana. Mas lembre-se: a intensidade do exercício depende muito do condicionamento de cada animal. Por isso, é melhor levá-lo ao veterinário para fazer uma avaliação antes de começar.

Basta escolher um horário de temperatura amena, logo cedo ou no final da tarde. Isso porque, além do desconforto, sair em horários de sol a pino pode causar queimaduras nas patinhas do seu cão.

Ritmo certo para passear com seu cachorro

Para regular a intensidade do treino, saiba como avaliar sua percepção de esforço:

  • Caminhada: você anda normalmente e a respiração é natural.
  • Caminhada rápida: a respiração começa a ficar ofegante.
  • Trote leve: o pique é acelerado, quase em ritmo de corrida, mas você não se sente exausta ao final do treino.

 

Distância certa para passear com seu cachorro

Aqui vale a ilustração da sua esteira, na academia: Comece devagar, e ao invés de focar na distância, pense no tempo do exercício. Abaixo segue uma rotina de treinamento com base em tempo de exercício.

“Passear e dar exercícios para mim é a melhor solução!”

Um plano de caminhada para você passear com seu cachorro

Treino para passear com seu cachorro, se ele for de pequeno porte

Entram nessa caregoria: bichon frisé, buldogue francês, daschund, lhasa apso, maltês, poodle, pug, shitsu, yorkshire.

PRIMEIRO MÊS – de 20 a 30 min
  • Primeira e segunda semanas:

10 min de caminhada + 5 min de caminhada rápida + 5 min de caminhada

  • Terceira e quarta semanas:

10 min de caminhada + 10 min de caminhada rápida + 10 min de caminhada

SEGUNDO E TERCEIRO MESES – 35 min

10 min de caminhada + 10 min de caminhada rápida + 5 min de trote leve + 10 min de caminhada

QUARTO E QUINTO MESES – 45 min

10 min de caminhada + 15 min de caminhada rápida + 10 min de trote leve + 10 min de caminhada

A PARTIR DO SEXTO MÊS – 60 min

10 min de caminhada + 25 min de caminhada rápida + 15 min de trote leve + 10 min de caminhada

Treino para passear com seu cachorro, se ele for de médio e grande portes

Entram na categoria de médio porte:  beagle, border collie, buldogue inglês, bull terrier, cocker spaniel, fox paulistinha, pastor de shetland, pitbull, schnauzer, whippet.

Entram na categoria de  grande porte: akita, boxer, dálmata, dobermann, golden retriever, husky siberiano, labrador, pastor alemão ou belga, pointer, rottweiler.

PRIMEIRO MÊS – de 20 a 30 min
  • Primeira e segunda semanas:

10 min de caminhada + 5 min de caminhada rápida + 5 min de caminhada

  • Terceira e quarta semanas:

10 min de caminhada + 10 min de caminhada rápida + 10 min de caminhada

SEGUNDO E TERCEIRO MESES – 35 min

10 min de caminhada + 15 min de trote leve + 10 min de caminhada

QUARTO E QUINTO MESES – 45 min

10 min de caminhada + 25 min de trote leve + 10 min de caminhada

A PARTIR DO SEXTO MÊS – 60 min

10 min de caminhada + 40 min de trote leve + 10 min de caminhada

Caminhando com a matilha fiel

Dicas gerais para passear com seu cachorro:

Para ter um passeio mais tranquilo e seguro, é bom seguir essas dicas:

  • O pet deve estar sempre de coleira e sob a sua atenção;
  • O ideal é levá-lo em horários com menos pessoas e quando o sol estiver mais baixo e fraco, como de manhãzinha ou depois das 17h, aqui em Boituva e região;
  • Se o cão acabou de comer, espere pelo menos uma hora para fazer a digestão. Do contrário ele pode passar mal;
  • Além disso, leve água e petiscos (dependendo do tempo em que estarão fora) para saciá-lo e agradá-lo;

Reserve esse tempo somente para você e seu cão. Esse é um dos melhores momentos de qualidade para fortalecer seu vínculo com ele. Não tenha pressa e ande com orgulho (acredite, seu cão vai perceber sua felicidade e orgulho de estar com ele, e vai ser muito mais fácil para ele ser liderado por você).

“Eu não tenho tempo!” Um Passeador de cães resolve!

 

Se você não tem tempo para passear de forma constante com seu cão, não se preocupe. A realidade é que o mundo em que vivemos é tão dinâmico que muitas vezes 24 horas não bastam num dia!

Mas não use a desculpa de não ter tempo para deixar seu “amicão” preso no tédio das paredes do quintal. Ele certamente vai acabar ficando triste, isolado e adotar mau comportamento – destruindo móveis da casa, sendo desobediente ou agressivo, por exemplo.

Nós, da Matilha Fiel podemos ajudar! Podemos passear com seu cachorro e cumprir essa função, com todos os cuidados necessários. Acesse nosso site (www.matilhafiel.com.br) para saber mais sobre nossos serviços, veja em nosso blog mais dicas e informações importantes sobre o universo dos nossos “amicães” e baixe gratuitamente nosso e-book, que vai dar mais dicas de como passear e liderar seu cachorro! Ou nos envie uma mensagem pelo WhatsApp:

Bons passeios.

Fontes:

https://blog.petnanet.com.br

https://boaforma.abril.com.br

https://tudosobrecachorros.com.br

Veja também