Os tutores sabem que manter os pets presos dentro de casa não é fácil, logo, algumas dicas para protegê-los durante os passeios podem ajudar

A recomendação é que todos evitem locais onde um grande número de cães e pessoas se reúna, como parques, neste momento. Logo, fazer os passeios de rotina na companhia dos pets pode ser um desafio. Com essas dicas, a atividade se tornará um pouco mais segura. Confira:

– Conduza o cão com uma guia de mais de um metro e meio, para que o tutor possa manter o animal de estimação próximo e evitar o contato entre outros cães e pessoas ao longo do caminho;

– O tutor pode ficar tentado a dar atenção a cães de estimação que se aproximam. Lembre-se, porém, que as pessoas têm a possibilidade de passar a Covid-19 para os animais de estimação de outras pessoas e nem todo mundo mostra sintomas da doença imediatamente ou de forma alguma. Portanto, a dica de como passear com o cão em segurança na quarentena é manter uma boa distância e não acariciar cães da vizinhança (ou gatos);

– Ao deixar o cão entrar no quintal cercado, ele deve ser supervisionado em geral. Principalmente para evitar o contato com vizinhos através da cerca;

– Não há evidências de que máscaras feitas para animais de estimação sejam eficazes na prevenção de doenças transmitidas por gotículas de fluidos corporais. Em vez disso, as máscaras podem causar problemas de ansiedade ou respiração nos animais de estimação.

 

View this post on Instagram

🤣🤣🤣🤣🤣 para descontrair

A post shared by Matilha Fiel (@matilhafieloficial) on