Alguns cães apresentam medo de certos estímulos e a dessensibilização ajuda a lidar e até resolver esse problema. No final de ano, os estímulos da audição do cachorro é extrapolado, como rojões e fogos de artifício. Seu cachorro corre para debaixo da sua cama quando os fogos estouram?

O medo pode traumatizar seu cão. Tome cuidado!

Cachorro com medo

O que é dessensibilização

A dessensibilização é uma forma de diminuir ou até mesmo extinguir o medo ou aversão de cães a determinados estímulos. Quais estímulos podem ser? Barulhos específicos ou qualquer barulho mais alto. Pode ser o barulho de um carro, aparelhos da casa como máquina de lavar e secador de cabelo.

Como pode ajudar seu cão

O cão com medo de algum estímulo fica muito inseguro próximo da possibilidade de estar exposto ao estímulo que ele tem medo. Por exemplo, quando o cão tem medo de trovões ele pode começar a associar a chuva ao trovão, e quando começar a chover pode começar a se esconder e ficar muito assustado, podendo até passar mal.

Essa situação toda, do medo excessivo que o cão apresenta, reduz muito a qualidade de vida do cão. Peludos com medo de pessoas estranhas, por exemplo, vão aproveitar muito menos o passeio diário se encontrarem pessoas no caminho.

Como fazer?

Você vai precisar expor o cão ao estímulo, mas não de forma intensa. No caso do final do ano, o ideal é soltar um mês antes, vídeos dos fogos de artifícios na sua tv, com um volume médio.  Observe seu cão. Se o medo dele é muito grande, faça pequenas sessões de 2 minutos desse audio, nessa intensidade.

Não reforce o mau comportamento

Não de carinho para ele nesse momento. É importante destacar que se você der carinho para ele, irá reforçar o comportamento de medo. Apenas fique perto, à vista de seu cão.

Na medida que ele perceber que o barulho em si não muda nada no seu ambiente, ficará mais confiante. Nesse momento, estimule ele a vir até você, então brinque com ele.

Aumento progressivo

Aos poucos aumente o tempo da dessa exposição e o volume também. Assim você irá dessensibilizar seu cão a favor dele mesmo.

Importante:

Você deve seguir um cronograma, sempre estimulando o cão, com o objeto que gera medo nele, mas a um volume que não gere medo, e ir aumentando tanto o volume quanto o tempo de exposição. Não precisa ser feito todos os dias, mas pelo menos umas 3 vezes por semana, e aumente um pouco mais vezes a medida que chega nos períodos de festividades.

Logo depois que o estímulo de som acabar, de muito carinho e alguns petiscos para ele, reforçando justamente o fato de ele superar aquele medo.

 

 

Fontes e Indicações de leitura:

https://webcachorros.com.br/dessensibilizacao-como-agir-quando-o/