Meu cachorro late muito! Por que ele faz isso?

Imagine essa cena: Você acorda num domingo de manhã, vê que está um dia lindo, nem muito quente e nem frio, então, você olha pro seu cachorro e sente uma vontade enorme de PASSEAR! E lá vamos nós! Logo vem a onda de realidade. Seu cachorro não pode pisar na rua que já começa a latir para tudo e todos. Seu cachorro late muito mesmo. Cachorros, pessoas, skates, carros, motos… Já percebeu as pessoas se afastando de você na rua? ou talvez, você mesmo tem que desviar seu caminho para evitar brigas com outros cachorros (das quais o seu cachorro pode até sair machucado, tome cuidado!)?

Por que meu cachorro late muito?

Imagine essa outra cena: Na reunião de condomínio, você é citado como um exemplo! Seu cachorro é tão bem adestrado que não late de noite, não causa transtorno a ninguém no seu condomínio. Isso é real? Voltando à realidade. Você foge dessas reuniões, recebe multas,  todos os vizinhos reclamam de não poderem dormir em paz por conta de seu amigão de quatro patas, que late muito certo?

Todos nós da Matilha Fiel amamos os animais mais do que qualquer coisa no mundo, mas vamos combinar que ninguém gosta quando algum cachorro late muito, não é mesmo? Qualquer barulhinho ou pessoa que passa na nossa calçada ou na porta de casa, e o cachorro late sem parar, não?

Seu cachorro late muito, é fato. Como fazer o cachorro latir menos?

Pois é! Essa vida de pai/mãe de cachorro não é fácil não. Você tem que saber sempre educar o seu filho animal para que possam aproveitar uma manhã tranquila no parque, na praça, na rua, até no condomínio… Para não atrapalhar os vizinhos com os latidos sem fim durante o dia e principalmente de noite. Com esse artigo vamos te ensinar a diminuir esse comportamento.

“au au au au au au!” Algo está acontecendo!

O simples fato de o seu cachorro latir muito pode trazer diversos problemas, tanto para você, como para ele.

A lista de malefícios pra você é infinita, mas tem uma consequência pro seu cachorro – que provavelmente é o mais importante – que não podemos deixar acontecer de jeito nenhum.

Quando seu cachorro late muito, é sempre um aviso.

Se seu cachorro late muito, com certeza ele está incomodado. Pode não estar confortável com alguma coisa, ou tem algum problema (e por não conseguir falar, está tentando te avisar do jeito dele). Pode querer que você o dê atenção, e esse é o jeito que faz com que você faça isso.

É importante tem em mente que seu cachorro pode ter ouvido algum barulho no quintal/no saguão do seu andar e está tentando te avisar que pode ser alguém.

Ou você chega à sua casa muito mais tarde do que costuma chegar e seu cachorro late muito para te deixar claro que ele sentiu sua falta nesse tempo que você atrasou (eles sabem quando nós atrasamos e se acostumam com nossos horários também), por exemplo.

Mas porque meu cachorro late muito mais que o normal?

Os motivos pelos quais o seu cachorro late muito são inúmeros, mas na lista abaixo segue os motivos mais comuns:

Latidos de Tédio

Cachorro com tédio.

Geralmente, os cachorros que mais latem por essa razão são os que são deixados no quintal durante a noite. Ou os que são deixados em casa enquanto a família inteira está fora.  Falta de atenção, passeios, exercícios e brincadeiras geram um tédio gigante.

Os cachorros que latem muito quando são deixados sozinhos sofrem, possivelmente, de algo chamado “ansiedade de separação”. Este é um problema muito comum e cada vez mais recorrente, mas calma! Se você não tem tempo para passear com o seu cachorro diariamente, saiba que uma excelente opção é contratar um Dog Walker! Entre em contato conosco clicando aqui.

Latidos Territoriais

Cachorro latindo para proteger seu território.

Pode ser o menor Chihuahua do mundo. Se ele sentir que o território dele está sendo ameaçado, ele virará o maior cão de guarda do mundo! Esse comportamento é causado comumente pela chegada de outros animais em casa.

Ou quando você está passeando com ele e ele vê um outro cachorro vindo em sua direção. Ou quando ele está no quintal e o cachorro do vizinho sai para fazer xixi. Até mesmo quando o inocente passarinho pousa na sua janela – pois na mente do cachorro é só dele e ninguém mais pode ficar lá.

Para ele, o território dele é sagrado e se sentir que algo o ameaça, o cachorro late muito!

Latidos para ganhar atenção

Não se engane! Por mais fofo que pareça,  esse comportamento é extremamente desgastante e ruim. Tanto  para o seu cachorro, quanto para você. Não estimule esses latidos por atenção, porque se você fizer isso, ele vai entender que só vai ganhar carinho, atenção, comida, no latido…

Quando  ele te olhar e  latir, não dê nenhuma atenção! Ele  entenderá que agindo  assim não conseguirá a sua  atenção. Somente desestimulando ele a latir para pedir, ele será mais feliz.

Latidos de Alerta

Totalmente ligado ao latido territorial, esse latido se inicia quando o cachorro sente que alguém ou algo está vindo ou causando alguma coisa que, na mente dele, não será bom.

Provavelmente seu cachorro não vá latir logo de primeira. É provável que ele vá ficar em posição de alerta para entender se o barulho ou pessoa que chegou representa ou  não uma ameaça.

A tão famosa posição de alerta é  bem simples de ser percebida: ele ficará todo para  frente, com o rabo ereto, com as orelhas totalmente  para cima e rosnando bem baixo.

Latido de felicidade

“au au au au au!” Como estou feliz!

Parecido com o latido para ganhar atenção, seu cachorro, assim que ouvir você girando a chave na porta, sairá correndo seja lá de onde ele estiver. E logo vai começar a latir desesperadamente antes mesmo de você conseguir abrir a porta. E quando você finalmente abrir, ele latirá ainda mais alto e ficará pulando igual pipoca.

Mostrar felicidade é muito bom, mas tome cuidado para não reforçar essa atitude, a ponto de passar da alegria para a excitação, o que pode ser prejudicial. Veja esse artigo sobre os níveis de energia de seu cachorro para saber como lidar.

Latido causado somente pela presença de outro cachorro

Esse aqui é muito comum em cachorros que quase não saem para passear. Quando saem, acabam ficando tão surpresos com tudo e inclusive com qualquer outro cachorro. Por isso, o seu cachorro late muito,  pois ele se sente ameaçado na presença de outros cães.

Geralmente é o cachorro que não tem o costume de sair muito ou  que sai apenas por 10 minutos, para fazer cocô e volta logo para  casa. Costuma passear cheirando o chão da calçada para conhecer  cheiros e explorar. E, muitas vezes, ele acaba cheirando portões de  casas que têm cachorros também.

E os cachorros dessas casas  podem até ser tranquilos, mas podem também não ser, e se atiram  no portão. O que, além de assustar você e seu cachorro, começa uma  briga de latidos entre eles.

O remédio? Dog Walker! Já dissemos que nós fornecemos esse serviço? Clique aqui e envie uma mensagem, iremos até você e levamos seu amigo de quatro patas para um passeio longo e renovador!

Latido de Medo

Cachorros, por mais valentes que aparentemente pareçam, têm medo de muitas coisas. Como, por exemplo, pessoas ou outros cachorros com os quais você pode estar tentando fazer com que ele se aproxime. Brinquedos novos muito grandes ou pesados, barulhos altos (trovões, fogos de artifício – por isso, procure não deixá-lo sozinho no Ano Novo ou em épocas muito comemorativas).

O seu cachorro late muito pois está com medo e está procurando se defender.

Quando seu cachorro está com muito medo, a ponto de latir, ele  estará com o corpo em uma posição muito típica, a “posição de medo”. A tão famosa posição de medo é bem simples de ser  percebida. Ele ficará todo recolhido, com o rabo para baixo, pode  até estar entre as pernas e com as orelhas para trás. Ajudamos nesse artigo aqui a fazer seu cão perder esse medo ok!

Latido para alertar problemas de saúde:

É muito comum cachorros surdos latirem mais, pois eles não conseguem se ouvir latir. Então na mente deles, eles não estão fazendo barulho algum.

É comum também, que alguns cachorros tentem avisar seus donos quando estão com alguma dor ou com algum desconforto. Afinal, eles não sabem falar, né? Recomendamos que o leve a um veterinário para saber o que aflige a saúde dele.

Em conclusão, fique atento aos latidos de seu cachorro. Fique atento e reconheça os tipos de latidos e esteja pronto para dar a assistência necessária para que seu amigo de quatro patas reduza seus latidos.

 

Como fazer o cachorro latir menos?

 

“Passear e dar exercícios para mim é a melhor solução!”

1- Não o motive

Provavelmente, o seu cachorro recebe algum tipo de motivação, reforço quando ele começa a latir para tudo. Você dá atenção, o pega no colo, começa a brigar ou gritar. Isso para ele pode ser um reforço. O ato de latir, por si só, já é auto-reforçador, libera energia, acaba sendo entusiasmante para o animal!

 

Um bom exemplo disso é seu sofá. Seu cachorro adora ficar em cima do sofá da sala? O que você faz quando ele sobe? Grita com ele? Se sim, o que ele faz em resposta? Rs você sabe a resposta.

O que você pode fazer para diminuir esse comportamento?  tire-o de cima do sofá caso ele esteja em cima dele latindo, feche as cortinas, ou deixe-o em um cômodo que não tenha nada que ele possa subir para latir para as pessoas na rua.

Reflita se o seu cachorro não está senda nada pra fazer. É muito comum animais com tédio, que não tem exercícios ou estimulação mental, começarem a latir… É a única coisa que eles podem fazer! E adivinha? Nós podemos ajudar!

2- Ignore-o

É difícil ignorar latidos sem fim, a gente sabe.  Mas você DEVE ignorar o seu cachorro enquanto ele late, leve o tempo que levar até ele parar. Não grite com ele, não toque-o e nem olhe para ele. Qualquer movimento seu em direção a ele será entendido como um agrado ou um “muito bem, isso, late mais!” e não é isso que queremos, né?! Quando ele parar de latir, mesmo que seja por uns 2 segundos, só para recuperar o ar, recompense-o MUITO. Pode ser com um carinho ou com uma brincadeira, ou até um petisco que você tenha por perto.

Esse método leva tempo e bastante paciência! Esteja atento ao timing: precisa reforçar quando ele para de latir. Você deve esperar o seu cachorro parar de latir para, então, você o recompensar. Não importa o quanto demore.

 

3- Comando “Lata” e “Calmo”

É muito importante ensinar seu cão a quando latir. Isso mesmo! Ensine seu cachorro o comportamento “lata”. Espere que ele lata umas duas ou três vezes e dê um biscoito, sem nem falar o “lata”. Continue o processo, e depois comece a falar “lata” quando ele começar a latir.

Agora que ele aprendeu o comando para laltir,  ensine-o o comando “calma”. O processo é exatamente o mesmo, leve-o até um local quieto e calmo. Peça o latir com o “lata” e, em seguida, diga “calma” e espere que ele pare de latir. Assim que ele parar, você dá para um petisco delicioso. Repita o processo até que ele consiga parar de latir assim que ouvir “calma”.

Na prática vai funcionar assim: Quando uma visita chega na porta, seu cachorro vai à loucura quando a campainha toca. Mas aqui você tem que ser firme, ignore a porta e concentre-se no seu cachorro.

Mesmo com a visita na porta, concentre a atenção do seu cachorro em você e peça o “calma” quantas vezes forem necessárias. Assim que ele parar de latir, recompense-o com o petisco gostoso. E só depois, quando você sentir firmeza na calma dele, abra a porta para a visita.

 

4- Desvie a atenção

Quando seu cachorro começar a latir desesperadamente, tente mudar o foco da atenção dele – o que os profissionais chamam de redirecionar. Use brincadeiras, comportamentos que ele já tenha aprendido…

Na prática vai funcionar assim: Quando uma visita chega na porta, seu cachorro vai à loucura quando a campainha toca. Para redirecionar a atenção de seu cão, mostre um petisco e deixe na cama dele ou em algum lugar da casa que ele gosta muito, como em cima do sofá ou perto das cadeiras, e peça para ele pegar o petisco.

Assim que ele deitar e começar a saborear o petisco, vá abrindo a porta devagar. Se ele levantar ou começar a rosnar, feche a porta imediatamente. Repita o processo até que ele se acostume com a porta abrindo e continue na caminha dele comendo o petisco.

Conclusão

“Olha como eu fico quetinho.”

Fique atento aos latidos de seu cachorro. E fique atento também ao estresse que seu cachorro pode passar. Você também fica com o estresse lá em cima quando não tem nada para fazer, não é? O seu cachorro é a mesma coisa!

Certifique-se que ele está tendo uma dose suficiente de exercício físico e mental por dia. Um cachorro cansado e exercitado é um cachorro quietinho, feliz e muito mais educado, pode acreditar.

Dependendo da raça, idade e tamanho, o seu cachorro pode precisar de mais, ou menos, exercício. Mas ele SEMPRE precisará de caminhadas de cerca de 1 hora e brincadeiras. Caso esse seja o caso do seu cachorro, procure passear mais com ele, contratar um dog walker profissional e deixá-lo mais estimulado mentalmente. Um cachorro cansado e ocupado é menos propenso a latir de tédio ou frustração.

 

Deixe seu comentário sobre as situações onde você lidou com os latidos de seu amigo de quatro patas!

 

Indicamos para você:

https://matilhafiel.com.br/curso_entendendo_o_aprendizado_canino

https://matilhafiel.com.br/adestramento-passo_a_passo

 

Fonte:

https://canaldopet.ig.com.br/adestramento/2018-04-16/cachorro-latindo-demais.html

https://globoplay.globo.com/v/5111580/

 

 

 

Veja também