Esse pode ser um problema para muitas famílias que tem cães que latem demais e apresentam agressividade para com estranhos. Existem diversos fatores que geram esse comportamento:

Fator da Raça

Existem raças que já tem um estranhamento com pessoas estranhas a sua “matilha”, raças como pastores, em geral são muito amáveis com todos os conhecidos, porem ficam com o pé atras quando vem novas visitas ou até mesmo alguém passa na rua.

Fator comportamental

Na maioria da vezes, o que mais acontece é que a familia que adquire o cão, não conhece sobre a linguagem canina, o trata como um humano, sem estrutura hierárquica, e acaba forçando o cão a se tornar o líder da matilha, tendo que lidar com o estresse que acarreta a função.

Se ele se tornar muito territorialista, piorou…. Ai nem chegar perto da casa vai ser possível… Acidentes onde visitas tentam acalmar o cão barganhando com comida ou carinhos pode acontecer…

Muitas vezes o medo que o tutor tem de seu cão se tornar agressivo com outras pessoas se torna o combustível dessa agressão… afinal o cão observa bem a todos os integrantes da família, e lê o que o corpo deles fala. Posturas e emoções que sugiram fraqueza por parte dos familiares pode evocar o drive de dominância e proteção do cão… ai já viu…

Como resolver? 

Primeiro é importante entender quais são os gatilhos do cão, se são um fator herdado, comportamento adquirido, Isso quase sempre é possível com a ajuda de um adestrador. Mas acima de tudo, é muito importante deixar bem claro para seu cão, que quem manda na casa é você, que ele é seu seguidor…

Treinos de obediência, muita rotina na vida do cão, passeios estruturados, são ferramentas de mudança comportamental que você tem a sua mão para usar!

Para lhe ajudar a entender seu cão, se tornar o líder da sua matilha e obter obediência dele, criamos um conteúdo fenomenal! clique aqui para saber mais! Compartilhamos nossa forma de pensar e trabalhar com adestramento, de um jeito simples, direto, e que trará resultaados!!!