O Câncer de próstata também pode ocorrer nos pets 

O novembro azul é um movimento de conscientização a respeito de doenças que afetam a saúde do homem, com ênfase na prevenção do câncer de próstata. Mas não são apenas os humanos que precisam passar por exames preventivos. Isso porque esse tipo de câncer também se desenvolve nos animais domésticos.

Novembro Azul – mês de conscientização

No entanto, a incidência é maior em cães de grande porte. Normalmente, os sintomas começam a surgir nos pets mais idosos, entre 8 e 12 anos. O tumor apresenta alto grau de malignidade, causando metástases, ou seja, afetando vários outros órgãos.

Mas nem toda Hiperplasia Prostática (aumento da próstata) é maligna. Os cães e gatos adultos não castrados podem ser afetados por Hiperplasia Prostática Benigna (HPB), uma condição que, embora não seja fatal, provoca diversos sintomas que prejudicam muito a qualidade de vida do pet. Mesmo que o cão ou gato desenvolva essa patologia, a chance da Hiperplasia se tornar um tumor maligno é pequena.

Evite o câncer

É importante salientar que 90% das doenças de próstata podem ser evitadas com a castração do pet ainda no primeiro ano de vida. Sem a castração, animais machos tem 80% de chance de ter distúrbios de próstata na idade adulta, a partir dos 8 anos.

A próstata é uma glândula que se localiza logo abaixo da bexiga. Qualquer alteração, ela comprime a bexiga provocando diversos sintomas.

 

FIQUE ATENTO AOS SINTOMAS

  • Urinar com frequência
  • Fazer força ao urinar ou defecar
  • Sangue na urina
  • Modificação no jeito de caminhar
  • Inchaço abdominal
  • Constipação
  • Fezes planas em função da compressão do ânus pela próstata
  • Febre
  • Vômito
  • Emagrecimento progressivo
  • Feridas que não cicatrizam
  • Perda de apetite
  • Cansaço

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico do câncer de próstata ou da Hiperplasia Prostática Benigna é feito através de ultrassonografia abdominal, podendo ser necessária também a realização de exames de sangue, urina e/ou raio X.

TRATAMENTO

O tratamento para os casos de Hiperplasia Prostática Benigna é a castração. Existem ainda medicamentos que diminuem temporariamente o aumento da próstata, cujos efeitos colaterais devem ser esclarecidos por um médico veterinário.

No caso do câncer de próstata, ainda que sejam pouco comuns na rotina veterinária, o diagnóstico é feito por análise histopatológica. O prognóstico é quase sempre desfavorável e o tratamento, quando possível, é cirúrgico.

PREVENÇÃO

Se o seu cão ou gato tem 7 anos ou mais de vida leve-o para uma consulta de avaliação preventiva com o veterinário de sua confiança, mesmo que ele não apresente os sintomas da doença.

Uma consulta deste tipo poderá incluir exames laboratoriais de sangue e urina, exame de imagem e radiografia.

Fontes e Indicações:

Cão.com e G1

http://www.sanoldog.com.br/812/novembro-azul-dos-pets/