Escolha uma Página

Problema comum a todos os cães, pode ser até parte do comportamento do seu filhote, porém é também comum em cães adultos. Nesse artigos vamos pensar nas possíveis causas e como resolver esse problema – seu cachorro roendo as coisas –  que já deve ter vitimado algum móvel, sapato, ou até mesmo alguma parte do seu carro!

Causas para seu cachorro está roendo as coisas

• Ansiedade, que pode acontecer por falta de passeio ou de companhia;

Para solucionar o problema da ansiedade, procure passear mais com o cão, e
tente não deixá-lo muito tempo sozinho. Confira esse artigo aqui sobre os níveis de energia do seu cão!

Caso não tenha tempo para passear com seu cão, entre em contato conosco e agende passeios para ele! Clique aqui.

View this post on Instagram

Fique atento!

A post shared by Matilha Fiel (@matilhafieloficial) on

• Problema fisiológico e psicológico, como verminoses, falta de nutrientes e desequilíbrio químico-cerebral;

Tenha certeza de que seu cãozinho está saudável, levando-o ao seu veterinário. Aproveite e confira esse artigo aqui com a entrevista de um ótimo veterinário, que atende a domicílio em Boituva. 

• Coceira causada na gengiva dos filhotes pela troca de dentes.

Roendo, a coceira é aliviada na hora, sendo uma grande recompensa para o filhote. Além disso, eles podem experimentar novos gostos e sensações ao roer diferentes objetos. Como a troca dos dentes acontece nos primeiros meses do cão, nesse período o problema tende a ser pior. O fato dos filhotes roerem coisas é normal e bom, mas o problema é quando eles roem o que não devem, e quando isso se torna um vício.

View this post on Instagram

Como saber a idade de um cachorro?⁠ ⁠ ⁠ Os dentes podem ajudar a indicar a idade de um cachorro. O grau de crescimento, o tártaro (dentes amarelados) e o desgaste são os indícios avaliados. Claro que cada cão é diferente e o estado de seus dentes vai depender de sua saúde geral e de como foi tratado durante sua vida, portanto podemos apenas ter uma idéia da idade.⁠ ⁠ Veja o esquema de avaliação:⁠ ⁠ – 8 semanas = o cão ainda tem todos (são 28) os dentes de leite (pontiagudos)⁠ ⁠ – 7 meses = já está com todos (são 42) os dentes definitivos (arredondados) e são brancos e limpos⁠ ⁠ – 1 a 2 anos = os dentes são mais firmes e às vezes os de trás (molares) podem estar levemente amarelados⁠ ⁠ – 3 a 5 anos = todos os dentes podem mostrar sinais de tártaro (amarelados) e alguns podem estar desgastados⁠ ⁠ – 5 a 10 anos = dentes bem desgastados e tem sinais de doenças (como por exemplo, gengivas vermelhas e inchadas)⁠ ⁠ 10 a 15 anos = os dentes estão bem desgastados e uma crosta de tártaro pode ser vista facilmente. Podem estar faltando alguns dentes.⁠ ⁠ ⁠ Já viu nosso site? www.matilhafiel.com.br⁠ Nosso face? facebook/matilhafiel⁠ #matilhafiel #passeadoresdecaes em #boituva ⁠

A post shared by Matilha Fiel (@matilhafieloficial) on

O que fazer?

No caso mais comum, que é o de roer as coisas para aliviar a coceira da gengiva, o ideal é punir o filhotinho quando ele roer o que não deve, e recompensa-lo quando ele roer seus brinquedos. Pelo fato da recompensa que ele recebe ao roer algo ser tão imediata e agradável, roer as coisas passa a valer a pena para o cachorro, podendo se tornar um vício. Assim, não deixe que ele roa sua mesa, seu sapato, sua cama, e forneça a ele seus brinquedinhos, que podem ser bolinhas, ossinhos de couro cru ou de nylon e muitas outras opções. Esses brinquedos, além de resolver o problema,
ajudam a higienizar a boca de seu cãozinho.

Procure sempre estar fornecendo novos brinquedos ao cão, para que ele esteja sempre interessado.

Dica especial: Brinquedos gelados 😉

Outra dica é colocar os brinquedos no congelador antes de dá-los ao cão, pois com eles estando gelados, a gengiva será anestesiada, dando um maior alívio. Para mostrar ao cão que o brinquedo é dele, estimule-o a pegá-lo, e fique balançando-o na frente dele. Não dê brinquedos parecidos com seus objetos, como um chinelo velho, pois assim, o cão poderá pensar que todo chinelo é brinquedo. Quando o cão roer seu brinquedo, já estará sendo recompensado pelo alívio na gengiva, mas nunca é demais falar um “muito bem!”.

Servir água gelada para o cão, ao invés de água na temperatura ambiente, ajuda a aliviar a coceira, mas não resolve o problema, pois a “anestesia” dura pouco tempo.

 

A Correção quando encontrar seu cão roendo as coisas

Primeiramente, deixe claro para seu cão que roer coisas é bom, mas essas coisas devem ser as dele, e não as outras. Além de dar brinquedos ao cão, é preciso corrigí-lo quando ele rói o que não é dele. Falar um “Não!” com firmeza e bater um jornal ou garrafa de plástico no chão, só para fazer barulho, é uma boa opção.

Outra idéia é dar uma molhada com um spray de água no cão, quando ele começar a bagunça.

O importante é causar uma sensação desagradável ao bichinho.

Sempre que você estiver com a correção preparada, induza (não é para mandar, é para induzir) o cão a roer algo que não pode, e assim que ele roer, aplique a
correção. Se ele se recusar a roer, elogie-o!

Com essa dica, o cão deixará de roer o que não deve quando você estiver por perto.

Mas e quando você não estiver presente?

Nesse caso, a punição não deve estar relacionada à sua presença, ou seja, deve ser despersonalizada. Uma boa opção é jogar algo que faça barulho do lado do cão quando ele estiver roendo uma coisa proibida, para assustá-lo. Você pode jogar um molho de chaves, uma caixa cheia de moedas, ou qualquer outra coisa que possa assustá-lo sem machucá-lo.

Outra opção que funciona bem é passar uma substância amarga não tóxica no lugar onde o cão costuma roer, ou onde ele possa pensar em roer. Assim, com você perto ou não, o cãozinho deixará de roer os objetos que não são dele.

https://www.instagram.com/p/BvbhTGZlVn7/

 

Fique muito atento!

Quando o cão rói algo, é imediatamente recompensado com o alívio da coceira na sua gengiva.  Por isso, é importante supervisionar cautelosamente os filhotes. Se você não tiver muito tempo para isso, deixe o animal em um lugar onde não possa roer as coisas enquanto você não estará por perto. Vá alternando punição e a recompensa até que ele aprenda a respeitar os objetos da casa, passando a roer apenas os objetos que são dele.

Outra dúvida que muitos tutores tem:

Fontes e Indicações de leitura:

https://petanjo.com/blog/como-fazer-seu-cachorro-parar-de-destruir-tudo/

https://tudosobrecachorros.com.br/como-fazer-cachorro-parar-destruir-moveis-objetos/

https://www.tudodecao.com.br/cachorro-mordendo-tudo